domingo, 6 de abril de 2008

Fugas repentinas


A uma hora de caminho, por via marítima, eis-nos perante o cosmopolitismo, a diversidade da oferta e a simpatia da gente de Hong-Kong,

Uma noite muito gira, passada em muito boa companhia.

A repetir, sem dúvida!

1 comentário:

joão saloio disse...

muito boa companhia! hum...hum...