segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Enfrentar problemas


Aquilo que cada um de nós se vai tornando ao longo da vida é fruto de carga genética, de educação recebida, da vivências experimentadas, de erros cometidos, de alguma teimosia, de amizades verdadeiras, de idiossincrasias inevitáveis em qualquer ser humano. E, neste capítulo, a cultura em que crescemos desempenha, também ela, um papel fundamental.

A consciência deste facto é, para quem como eu, vive por entre um cultura outra, diária.

Hoje, apercebi-me do quão verdadeira é a imagem que aqui vos deixo: nós ocidentais, os azuis, perante um problema, enfrentamo-lo e seguimos adiante; os orientais, por sua vez, contornam o problema e seguem em frente.

Qual delas a melhor solução?
Não sei.
Aprendi a respeitar ambas as formas de estar na vida.

2 comentários:

Anónimo disse...

Vivendo aqui a solução é mesmo essa...aceitar a solução azul :)

xinoca disse...

nós pelo contlalio, temos de aceital a solução velmela..hi.hi.hi.tive imensa glaça